segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Eleições 2010

Ouvi ontem a noite e li hoje pela manhã o discurso de nossa nova Presidente da República. Veja no link: http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/integra-do-discurso-de-dilma-rousseff-presidente-eleita
Não ouvi e por isso fui ler a palavrinha mágica que deveria ter iniciado seu discurso: Obrigada primeiramente a Deus por permitir ter sido eleita a Presidente do Brasil e aí continuar os outros agradecimentos. Infelizmente ou felizmente ela ganhou. Confesso que não tenho simpatia por sua pessoa mas essa opinião é gratuita apenas pelo que vejo e ouço nos meios de comunicação, não a conheço e nem sequer tenho o direito de julgar, estou apenas fazendo um comentário. Também não achei grande coisa o outro candidato José Serra, do qual esperava uma postura mas madura e responsável e não se ocupar de responder as denúncias em horário político. Alíás esperava uma postura ética dos dois candidatos e fiquei só na decepção.

Não creio que fará aquilo que se propõs e espero sinceramente estar equivocada. O que vi nessa eleição foi uma vergonhosa campanha de difamação entre os candidatos. Não consegui assistir o programa eleitoral por que me pareceu uma briga de comadres: desaforos e denúncias o tempo todo e onde estava o projeto para mostrar ao povo brasileiro? desperdiçaram muito o tempo precioso que nós lhes dedicamos e aí não tive escolha a não ser desligar a televisão.

Essa eleição, pela pequena diferença percentual, demonstrou uma única coisa: não tinhamos em quem votar. Como eleger alguém que não teve a postura ética esperada na campanha? como se comportará agora que já está eleita? uma incógnita que só o tempo nos mostrará.

Aqui no Brasil é preciso leis para tudo e, às vezes, nem assim funciona. Que tal criamos leis para moralizar a campanha política e não permitir mais que essa lama entre em nossas casas através do televisor. Por que mesmo quando desligamos já ouvimos alguma coisa e isso nos envergonha.

Ser a primeira mulher eleita é um marco? um dia isso iria acontecer. Marco, ao meu ver, é quando, independente do sexo, a pessoa se destaca pela competência e qualidade com que desenvolve o seu trabalho. Vamos lá Dilma não nos envergonhe, seja não só a primeira mulher eleita mas a melhor Presidente do Brasil, de fato uma estadista. Fato que não se mostrou ou não ficou claro nas campanhas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muitíssimo obrigada por dedicar um pouquinho do seu tempo a comentar meu blog. Fez valer a pena o tempo que me dedico a ele.

Gostou? Compartilhe!

Pesquisar este blog

Faça uma criança feliz!

Esse cantinho é ainda uma criança e é muito especial, se você gostou deixe seu comentário. Faça essa criança feliz!.

Follow by Email

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Cadastrar desaparecidos