terça-feira, 23 de agosto de 2011

Eis que o impossível não existe para Deus

Eis que o impossível não existe para Deus

Esta história acompanhei e posso testemunhar que vi uma jovem "linda" não só fisicamente, mas que dela emana uma força que não pode ter outro nome: Deus! 

Uma vencedora que hoje é mãe de Marina, outro milagre. Já que diziam que Débora não poderia ser mãe. Só esqueceram de perguntar para Deus se isto era verdade. 

Impossível: uma palavra que consta apenas no dicionário dos seres humanos que não creêm em Deus.






Coloquei esse título porque tem tudo a ver com esse novo projeto de vida e, de fato, entrar nas memórias de minha alma é um grande desafio a entrar no mar que enterrei memórias. Aqui eu irei, não só me expor, como também reviver fatos que mudaram a minha vida, mas que, para isso, doeu muito. "Dor" é a palavra associada a esta doença, porém não há águas tranqüilas sem antes passar pelo vale da sombra da morte. Diria, então, que "a água tem mais importância quando se está com sede no deserto". Sem a sede a água teria pouca significância, quando relacionada a matar a sede.


Bem! Deixando de filosofar, a verdade é que não será nada fácil entrar nesse mar novamente e desenterrar este tesouro. Mas, como não vale a pena sofrer se não for para compartilhar com a finalidade de ajudar o próximo que está passando pelo mesmo deserto, eis aqui o meu livro-reportagem relatando o ano em que vivi as minhas mais fortes emoções.


Do diagnóstico a cura, das lágrimas de dor as de sorriso, das perdas e ganhos e da luta para exercitar a fé em que toda esta história me proporcionou.
Seja bem vindo e espero que você também seja curado de você mesmo!


Débora Buarque Moura



Acompanhe a históra de Débora Há vida no câncer (minha linda sobrinha postiça - é sobrinha realmente do meu marido, mas a amo como se fosse legítima) e sinta a força que emana de uma FÉ INCONDICIONAL em nosso Pai Eterno. 

Busque nela a força que você pode achar que não tem para superar dificuldades que a vida impõe a todos nós. A força está aí, dentro de você, chame-a pelo nome que quiser, não importa, apenas creia Nele.





quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Não tenha medo da solidão!


Não tenha medo da solidão! Tenha medo, sim de destruir as muitas e boas companhias que Deus pôs em seu caminho. 

Tenha medo de ferir o coração de algum amigo, ou das pessoas que fazem o cotidiano da vida ao seu lado. 

Tenha medo de não respeitar hoje ás dores alheias, as dores sagradas de quem passa por perto de você, procurando braços acolhedores e coração amigo que saiba ouvir. 

duplald.blogspot.com


Tenha medo de não ser receptivo a quem lhe vem confessar uma saudade, um temor e uma necessidade. 

Tenha medo de não ser Cirineu, de negar-se a ajudar alguém a carregar a cruz. 

Tenha medo de não enxugar uma lágrima, ou quantas lágrimas, seja possível, no rosto de alguém que pede sua companhia. 

Tenha medo de não partilhar de sua felicidade com alguém que há muito tempo não sorri. 

Tenha medo de não ser capaz de perdoar a alguém que o tenha ferido e volta lhe pedindo perdão. 

Tenha medo de que seu orgulho ferido possa ser maior que você. Não perca tempo temendo a solidão. 

Ganhe tempo construindo laços, conquistando amigos e multiplicando atitudes que geram união. Só quem tem a coragem de gerar a união. Pode escapar ao medo de sofrer a solidão.

Desconheço o autor... Mas com certeza é alguém muito iluminado!

Gostou? Compartilhe!

Pesquisar este blog

Faça uma criança feliz!

Esse cantinho é ainda uma criança e é muito especial, se você gostou deixe seu comentário. Faça essa criança feliz!.

Follow by Email

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Cadastrar desaparecidos