sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Apagão ou suspensão temporária de energia?

Bom não importa o nome o que quero retratar aqui é a nossa total dependência desse serviço.
Uma noite terrível de calor sem conseguir dormir, os meninos com medo do escuro, um caos. É impressionante como nossas vidas são regidas pelas tecnologias, basta faltar para ver como somos dependentes.
Quando houve um apagão aqui no RN (dentre outros) eu ainda era adolescente e passamos dias sem energia elétrica, naquele tempo foi uma grande aventura. Ficar na calçada com os amigos e amigas a luz de velas ou da lua contando histórias e relembrando momentos passados. Lembrei daquele tempo, não recordo o motivo daquele problema mas foi bem duradouro e deixou lembranças boas, mas a de ontem, apenas algumas horas, não foi nada agradável.
O que nos mostra que somos avessos a imprevistos mas podemos superar as dificuldades se elas se apresentam de forma imutável e até de transformar tragédias em momentos de pura paz e retorno a origem do ser  humano: afinal nossos antepassados viviam sem energia e muito felizes.

Outros apagões

Houve outros apagões na história recente do Brasil em nada relacionados com a Crise do Apagão, sendo muitas vezes relacionados com problemas técnicos em usinas, redes de transmissão ou estações retransmissoras. Houve em janeiro de 2005 um grande apagão que atingiu os estados do Rio de Janeiro e do Espírito Santo, afetando 3 milhões de pessoas. Em setembro de 2007, novamente os dois estados foram atingidos por desligamento de energia causado por problemas em Furnas. Em 10 de novembro de 2009, devido a um inédito desligamento total da usina hidroelétrica de Itaipú Binacional, 18 estados brasileiros ficaram totalmente ou parcialmente sem energia, sendo a região sudeste a mais afetada. Os estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo ficaram totalmente sem luz. Em Minas Gerais, houve blecaute total nas regiões do Triângulo Mineiro e da Zona da Mata. O apagão também afetou partes do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Sergipe, Alagoas, Bahia, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Acre, Rondônia e uma pequena parte do Distrito Federal. Em média essas regiões ficaram 3,5 horas no escuro, sendo que algumas localidades sofreram até 6 horas. Também grande parte do território do Paraguai ficou sem energia por aproximadamente 30 minutos. Ao todo 60 milhões de pessoas foram afetadas.[4]

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Crise_do_apag%C3%A3o

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Muitíssimo obrigada por dedicar um pouquinho do seu tempo a comentar meu blog. Fez valer a pena o tempo que me dedico a ele.

Gostou? Compartilhe!

Pesquisar este blog

Faça uma criança feliz!

Esse cantinho é ainda uma criança e é muito especial, se você gostou deixe seu comentário. Faça essa criança feliz!.

Follow by Email

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Cadastrar desaparecidos